Fisiologia do Sistema Endócrino

O Sistema Endócrino é essencial para o funcionamento do corpo, tendo em vista que os hormônios controlam, praticamente, todos os processos do nosso corpo.

HIPÓFISE

É dividida em Neuroipófise e Adenoipófise, se encontra atrás do olho esquerdo no osso esfenoide.

  • Neuroipófise: secreta hormônios do hipotálamo, tais como o hormônio antidiurético (ADH), que aumenta a reabsorção de água nos néfrons, e a ocitocina, que atua na musculatura lisa para o parto normal e também para a ejeção de leite.
  • Adenoipófise: produz hormônios como o somatrófico (GH), conhecido como “hormônio do crescimento”, o tireotrófico (TSH), que atua como estimulador da tireóide. e os gonadotróficos (folículo estimulante (FSH), que estimula a ovulogênese e espermatogênese, e o hormônio luteinizante, que impulsiona a produção de testosterona no homem e a formação do corpo lúteo na mulher.

TIREOIDE 

É localizada nos dois primeiros anéis da traqueia, produz triiodotironina (T5) e tetraiodotironina ou tiroxina (T4) que realizam o controle do metabolismo basal. O excesso desses hormônios provoca o Hipertireoidismo  e a escassez causa Hipotireoidismo.

Feed-back (Hormonal)

PARATIREOIDE

São 4 pequenas glândulas ao lado da tireoide, produz paratormônios que realizam o controle da taxa de cálcio do sangue. O excesso dos mesmos, causa o aumento do cálcio do sangue e a diminuição de cálcio nos ossos, provocando fraturas “espontâneas”.

ADRENAL OU SUPRARRENAL  

É uma glândula localizada acima dos rins que produz hormônios tais como adrenalina, que é o hormônio do stress, da emergência e das emoções, glicocorticoides ou cortisol, atua como anti-inflamatório, transforma lipídeos e proteínas em glicose e mineralocorticoides ou aldosterona que controla a reabsorção de sódio e potássio nos túbulos renais.

PÂNCREAS

Considerada uma glândula mista, apresenta um lado endócrino, chamado ilhotas pancreáticas que produz hormônios como insulina, que aumenta a permeabilidade da membrana plasmática para a absorção de glicose, e o glucagon que realiza a glicogenólise, ou seja, quebra o glicogênio no fígado liberando glicose no sangue.

Fonte:

  • BIOLOGIA 2 – Coleção ANGLO– Ensino Médio.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: