Morfologia de Espermatófitas: Flor e Fruto

FLOR

Estrutura que contém os aparelhos reprodutores de um vegetal.

estrutura-flor

Pedúnculo: “cabinho” que sustenta a flor, anterior ao receptáculo;

Receptáculo floral: base para inserção das outras peças florais;

Sépala: pode ser dissépala se forem soltinhas ou gemossépala se forem “soldadas”;

  • Cálice: conjunto de sépalas, formando o primeiro verticulo floral;

Pétala: pode ser dipétala se forem soltinhas ou gemopétalo se forem “soldadas”;

  • Corola: conjunto de pétalas, formando o segundo verticulo floral;

Estame: parte reprodutiva masculina;

  • Androceu: conjunto de estames, formando o terceiro verticulo floral;

Pistilo: parte reprodutiva feminina;

  • Gineceu: conjunto de pistilos, formando o quarto verticulo floral;

Inflorescência

Agrupamento de flores em um ramo.

Inflorescência racemosa/monopodial: eixo principal cresce mais que as laterais, podem ser:

  • Racemo: flores pecíoladas dispostas em um único eixo e localizadas em diferentes posições do ramo principal;
  • Carimbo: as flores estão inseridas em diferentes alturas no eixo principal;
  • Espiga: semelhante ao “carimbo”, mas as flores são sésseis, sendo de toda extensão do eixo principal;
  • Espádice: eixo principal espesso protegido por bráctea;
  • Capítulo: espiga com eixo muito curto e espesso, formando o receptáculo. As flores são sésseis (não apresentam pedúnculo);
  • Umbrela: flores pediculadas inseridas na mesma altura do eixo principal;
  • Panícula: racemo composto;

Inflorescência cimosa/cimeira/simpodial: ocorre quando cada eixo termina em uma flor. São classificadas em:

  • Uníparas ou monocásio: se desenvolve uma gema de cada vez, subtipos escorpióide, helicóide e ripídio;
  • Bíparas ou dicásio: se desenvolve duas gemas de cada vez;
  • Multíparas: se desenvolve várias gemas de cada vez;

Tipos especiais de inflorescência:

  • Espigueta: espiga muito reduzida, característica da família Poaceae;
  • Ciátio: um invólucro de brácteas que envolve um conjunto de pequenas flores estaminadas aclamídea rodeando um flor pistilada central aclamídea;
  • Sicônio: inflorescência carnosa com receptáculo côncavo;

POLINIZAÇÃO

Pólen (microgametófito)Microgametogênese (R!)Microsporo (n)

Pólen (microgametófito)Microgametogênese (R!)Microsporo (n) (1)

  • Gameta + Oosfera = Embrião;
  • Gameta + Núcleos polares: Tecido de reserva;
  • Semente = Embrião + Tecido de reserva;

FRUTO

Desenvolvimento dos tecidos ovarianos

-Quanto ao pericarpo (=parede ovariano do fruto):

  • Exocarpo;
  • Mesocarpo;
  • Endocarpo;

-Número de sementes:

  • Monospérmico (1 semente);
  • Dispérmico (2 sementes);
  • Trispérmico (3 sementes);
  • Polispérmico;

-Consistência do pericarpo: seco ou carnoso;

-Deiscência (abertura) do pericarpo: seco ou carnoso;

-Número e grau de fusão de pistilos:

  • Monocárpico: 1 pistilo;
  • Sincárpico: vários pistilos soldados;
  • Apocárpicos: vários pistilos soltos;

 

BOTÂNICA (2)

Fonte:

  • Aulas da Professora Ana Aparecida de Morfologia de Espermatófita (UNITAU).

 

Anúncios

2 comentários em “Morfologia de Espermatófitas: Flor e Fruto

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: