Zoologia dos Invertebrados Superiores II: Filo Mollusca – Classe Cephalopoda

É a classe da lula, polvo, sibas e naútilus. Apresentam um alto grau de especialização e uma importância econômica considerável. Em maioria são pelágicos, sendo o polvo um animal bentônico.

Locomoção por nadadeiras (movimento ondulatório/metacronal) e jato-propulsão (pelo funil). São especializados para a predação por terem uma digestão mecânica extremamente eficiente, e possuem uma alimentação raptorial.

O polvo apresenta como sinapomorfia o bico córneo (1 par de mandíbulas córneas de quitina adaptadas para rasgar e quebrar a presa) e a glândula de tinta, que libera tinta (mecanismo de de captura de alimento e defesa, tem em sua constituição melanina e é alcaloíde, isto é, apresenta propriedades alucinógenas).

O sistema nervoso é extremamente estudado em aspectos comportamentais, de aprendizado e memória.

1ª grandeza- gânglio cerebral especializado + 1 par de axônios estrelados;

2ª grandeza- cordões longitudinais;

3ª grandeza- nervos motores e sensoriais;

Apresentam cromatóforo para determinação da cor, bioluminescência para defesa e reprodução. Eles são dióicos, a fecundação é interna, o desenvolvimento é direto e geralmente o adulto morre.

PÉ MUSCULAR

Modificado em funil+braços+tentáculos (os quais podem ser sésseis ou pedunculados/ armados ou desarmados)

CABEÇA

Apresenta olhos, boca (rodeada por tentáculos como em Cnidária) e gânglio cerebral;

MASSA VISCERAL

Apresenta a cavidade do manto (anterior, possui 1 ou 2 pares de brânquias, nefrídeoporo e ânus), torção do corpo (sinapomorfia, fenômeno embrionário) , sistema circulatório fechado (única classe que apresenta capilares) com 3 corações (1 sistêmico e 2 branquiais), aparelho digestivo, 1 par de nefrídeos e gônadas;

ECTOCOCLEADOS

Animais que apresentam concha externa planíspiral septada, em que o sifúnculo “perfura” os septos e faz a difusão de água e gases. São os Nautilóides.

ENDOCOCLEADOS

Animais que apresentam concha interna desmineralizada e reduzida. A concha externa pode surgir como um anexo reprodutivo na fêmea.

 

Design sem nome

Fontes:

  • Zoologia dos Invertebrados- Ruppert e Barnes- 6ª edição;
  • Aulas do Professor Valter José Cobo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: