Fisiologia do Sistema Endócrino

O Sistema Endócrino é essencial para o funcionamento do corpo, tendo em vista que os hormônios controlam, praticamente, todos os processos do nosso corpo. HIPÓFISE É dividida em Neuroipófise e Adenoipófise, se encontra atrás do olho esquerdo no osso esfenoide. Neuroipófise: secreta hormônios do hipotálamo, tais como o hormônio antidiurético (ADH), que aumenta a reabsorção... Continuar Lendo →

Anúncios

Anelídeos

O filo dos anelídeos apresenta animais com simetria bilateral, triblásticos (possuem endoderme, mesoderme e ectoderme) e celomados (têm celoma), que são divididos em 3 classes: CLASSE OLIGOQUETA  Poucas cerdas; Tegumento: epiderme com muco; Respiração cutânea/tegumentar; Circulação fechada; Excreção por nefrídeos; Sistema nervoso ganglionar ventral; Sistema digestório completo; Reprodução sexuada, são monoicos e realizam fecundação cruzada; É... Continuar Lendo →

Vermes: Nematelmintos

São vermes cilíndricos que apresentam simetria bilateral. São triblásticos (ou seja, possuem três tecidos: endoderme, mesoderme e epiderme) e pseudocelomados (entre a mesoderme e a endoderme apresenta cavidade ou celoma). Possui sistema digestório completo (tem boca e ânus) e o sistema nervoso ganglionar ventral. Sua reprodução é sexuada, em que os organismos são dioicos, isto é,... Continuar Lendo →

Artrópodes

Os artrópodes pertencem ao Reino Animal e são invertebrados.    Com o corpo segmentado, patas articuladas, simetria bilateral, apresentam exoesqueleto quitinoso. Quanto ao desenvolvimento embrionário, são triblásticos (possuem endoderme, mesoderme e ectoderme) e celomados (têm celoma). O crescimento é feito por meio de saltos (ecdises) que são controlados por dois hormônios: ecdisona (estimula o crescimento)... Continuar Lendo →

Fisiologia da locomoção: músculos

A função dos músculos é de realizar a locomoção e sustentação. Existem 3 tipos de tecido muscular, cada um com sua função e atuando em determinada região corporal: Liso: ausência de estrias, é uninucleado (ou seja, apresenta apenas um núcleo), a contração é lenta (fraca) e é controlado pelo sistema nervoso autônomo, logo é involuntário.... Continuar Lendo →

Gametogênese

A gametogênese é uma parte super importante do estudo da reprodução em que entenderemos como são formados os espermatozoides e os óvulos, para ao final gerar um embrião. Espermatogênese Ocorre dentro do saco escrotal do homem, mais precisamente nos testículos. A formação dos espermatozoides ocorre no túbulo seminífero que se encontra dentro dos testículos. A... Continuar Lendo →

Cordados: características gerais das classes

Possuem notocorda, sistema nervoso dorsal e fendas branquiais. São divididos em: Protocordados: possuem notocorda, não possuem vértebras e são acraniatas. Podem ser Urocordados (notocorda na fase larval somente na cauda, como o Ascídia sp) ou Cefalocordados (possuem notocorda no corpo todo por toda a vida, como o Anfioxo sp). Vertebrados: possuem vértebras, só possuem notocorda na fase... Continuar Lendo →

Grupos animais e suas principais características

Poríferos: com seu corpo revestido por poros, eles possuem hábitos fixos e são os seres mais simples do Reino Animal. São filtradores, possuem ausência de órgãos, digestão intracelular (dentro da célula), realizam tanto a reprodução sexuada quanto a reprodução assexuada. Celenterados: possuem duas formas de vida: pólipos (fixos) e medusas (nadantes). Possui simetria radial, tecido... Continuar Lendo →

Fisiologia da reprodução humana

Quando falamos da reprodução humana temos que analisar os dois sexos: feminino e masculino. Quando falamos de homens, o estudo se direciona ao testiculo que produz testosterona que faz o desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários e estimula a espermatogênese. Existe um sistema de feedback: a hipófise estimula a produção do L.H que, por sua vez,... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑